quinta-feira, 26 de maio de 2011

Pudim de requeijão e amêndoa


Estive recentemente em Beja, onde passei um fim-de-semana fantástico. Passeei pelas ruas de Beja e de Serpa, visitei o museu Rainha D. Leonor (que aconselho a visitarem quando passarem por Beja) e tive a oportunidade de conhecer Serpa num passeio de charrete, uma viagem muito divertida e que recomendo. Claro que pude degustar as maravilhosas iguarias alentejanas, desde a sopa de cação ao pudim de requeijão... e deliciei-me!
O dito pudim não me saiu da cabeça e, quando cheguei a casa, fui à procura da receita no meu livro “Maria de Lourdes Modesto, Cozinha tradicional portuguesa”. E não é que fui encontrar a receita... como sendo da região da Beira Alta! E eu a pensar que era uma receita alentejana... Mas não interessa a sua origem, o que realmente interessa é que é fantástica!
Num jantar cá em casa com alguns amigos, aproveitei logo para experimentar a receita e foi um sucesso. Apenas fiz uma pequena adaptação à receita: em vez dos 750g de açúcar, que constam na receita original, apenas utilizei 500g. E digo-vos que é mais do que suficiente!...

Ingredientes:
175g amêndoa picada
400g requeijão
500g açúcar
12 ovos
1 colher de chá de canela moída

Preparação
Pré-aquecer o forno a 180ºC. Desfazer o requeijão com um garfo, juntar o açúcar e bater com a batedeira. Adicionar os ovos, uma a uma, batendo entre cada uma, juntar a canela e misturar. Deitar o preparado numa forma muito bem untada com manteiga e cozer durante cerca de 30 minutos. Deixar arrefecer um pouco e desenformar.

2 comentários :

  1. Somi,
    Que belo passeio amiga... Isso e' que foi deliciar-se com a nossa maravilhosa gastronomia : ) Ficou com um aspecto delicioso o teu bolinho.
    Obrigada pela dica do açúcar ; )

    Beijinhos

    ResponderEliminar