quarta-feira, 7 de novembro de 2018

Comidas de colher |massa pevide com molho bolonhesa|




Tenho o hábito de preparar uma quantidade grande de molho bolonhesa com carne, distribuindo depois por caixas e congelando. Quando é necessário, basta descongelar, rectificar os temperos, ajustar a quantidade de molho de tomate e já está! Foi o que aconteceu com esta refeição. Preparei uma massa pevide de legumes, adicionei o molho e, para finalizar, uma boa quantidade de queijo parmesão ralado na hora. E eis assim uma comida reconfortante, óptima para ser comida com uma colher e saborear cada colherada. Experimentem!


Ingredientes (para aproximadamente duas pessoas)
300g de carne de vaca picada 
1 cenoura triturada ou ralada
1 cebola média
1 dente de alho
1 embalagem de polpa de tomate
1 copo de vinho branco
Sal q.b.
Pimenta q.b.
200g de massa pevide de legumes
Queijo parmesão q.b.

Preparação 
Alourar o alho e a cebola no azeite. Juntar a carne picada e a cenoura e deixar cozinhar um pouco. De seguida, adicionar o vinho branco, deixando cozinhar durante cerca de 15 minutos. Por fim, juntar a polpa de tomate, levando mais um pouco ao lume (se necessário acrescentar água). Temperar com sal e pimenta.
Preparar a massa conforme a embalagem, servindo com o molho e o parmesão ralado.  

sexta-feira, 26 de outubro de 2018

Tarte de frangipane e pêra



Para bem receber o fim de semana, trago-vos uma receita simples, que serve perfeitamente para sobremesa rápida. Este é um creme muito saboroso, que pode ser combinado com pêras, maçãs ou figos, literalmente o que estiver na fruteira a precisar de ser usado. Experimentem!

Ingredientes
1 massa folhada
3 pêras
     Creme frangipane
60g de amêndoa moída
60g de manteiga
60g de açúcar em pó
10g de maizena
1 ovo
1 colher de sobremesa de licor Amaretto
Açúcar com canela q.b.

Preparação
Pré-aquecer o forno a 180ºC. Cortar as peras em metades, retirar o caroço e regar com sumo de limão. Estender a massa e forrar com esta uma tarteira de aro de 20 cm, picando o fundo da massa (eu costumo utilizar o papel vegetal que vem com a massa e coloco no fundo da forma).
Depois, num processador de alimentos, triturar a amêndoa, a maizena e o açúcar. Juntar a manteiga fria aos cubos e misturar até obter uma mistura areada. De seguida, juntar o ovo e o licor e misturar até ficar homogéneo.
Por fim, distribuir o creme, e dispor as peras por cima, tendo o cuidado de as colocar ligeiramente enterradas no creme. Polvilhar com o açúcar com canela e levar ao forno, durante 25 minutos. 

quarta-feira, 24 de outubro de 2018

Abóbora assada em cama de puré de batata-doce


Esta foi uma das melhores receitas que confecionei nos últimos tempos, com legumes cheios de sabor e directamente de produção biológica. Foi,literalmente, verificar o que tinha no frigorífico e conjugar tudo. Modéstia à parte, ficou fantástico. Experimentem!


Ingredientes (duas doses)
6 fatias de abóbora menina
2 batatas-doces amarelas (médias)
2 punhados de feijão fillet
Leite q.b.
1 colher de sopa de manteiga
Azeite q.b.
Flor de sal q.b.
Tomilho-limão q.b.
Pimenta q.b.
Noz-moscada q.b.
Romã q.b.
     Molho
1 colher de sopa de mel
2 colheres de sopa de azeite
1 colher de sopa de vinagre balsâmico
1 colher de café de sumo de limão
Pitada de sal

Preparação
Pré-aquecer o forno a 200ºC. Temperar a abóbora com flor de sal, azeite e tomilho-limão. Depois, assar as fatias de abóbora durante 20 minutos.
Retirar a casca da batata-doce e cortar em cubos pequenos. Colocar num tacho e adicionar o leite, até tapar a batata-doce. Deixar cozer até estar macia e esmagar a batata com um esmagador, até ficar sem grumos grandes. Adicionar a manteiga e temperar com sal, pimenta e noz moscada a gosto, envolvendo tudo muito bem. Retirar o pé do feijão e cozer ao vapor durante 10 minutos. 
Para o molho, colocar num frasco os ingredientes e agitar energicamente. Se necessário ajustar o tempero. Empratar a gosto,  temperar com o molho e finalizar com a romã (a qual dá um sabor fresco e crocante).

terça-feira, 16 de outubro de 2018

Filetes panados com farinha de coco



Porque este blogue não é só “alimentado” de guloseimas, hoje trago-vos um refeição simples, super fácil de preparar, rápida e cheia de sabor. A principal diferença está na utilização da farinha de coco para panar os filetes, óptima para os intolerantes ao glúten, e que atribui um sabor muito agradável ao peixe. Experimentem!

Ingredientes
4 filetes de peixe branco
Sumo de 1 limão 
Sal e pimenta q.b.
Uma colher de chá de alho em pó
Farinha de coco q.b. (comprei no Aldi)
1 ovo grande batido
Uma batata-doce laranja grande
Azeite q.b.
Alecrim q.b.
Azeite q.b.

Preparação
Lavar a batata e cortar em fatias. Colocar num tabuleiro, regar com azeite e salpicar com alecrim seco. Levar ao forno pré-aquecido a 180ºC, durante 25 minutos. Retirar do forno, temperar com sal e reservar.
Temperar os filetes com o sal, o alho em pó, um fio de azeite e o sumo de um limão, deixando marinar durante uma hora. Passar os filetes, bem escorridos, pelo ovo batido e depois pela farinha de coco, temperada com uma pitada de sal. Levar depois a fritar no óleo quente, até que fiquem dourados. Deixar descansar sobre papel absorvente. Servir com as batatas e uma salada verde.

terça-feira, 18 de setembro de 2018

Tarte de maçã com creme pasteleiro



Refeições simples, principalmente com bastantes legumes, tem sido a rotina cá em casa. Os doces lá vão aparecendo, muito raramente, usualmente quando é necessário aproveitar alguma fruta, o que foi o caso destas maçãs. Simples, cremosa, mas deliciosa. Experimentem!

Ingredientes:
250g de leite
2 ovos (de preferência biológicos ou caseiros)
60g de açúcar 
25g de farinha custard
Uma embalagem de massa folhada 
Duas maçãs (descascadas e partidas em meias-luas)
Canela em pó (para polvilhar)
Compota de alperce (diluída num pouco de água, para pincelar a tarte)

Preparação:
Começar por fazer o creme num tacho, levando ao lume o leite a aquecer. Numa tigela, misturar os ovos, o açúcar e a farinha custard, com a ajuda de uma vara de arames. Adicionar este preparado ao leite quente, mexendo sem parar com a dita vara, até engrossar. Vazar numa tigela de vidro e colocar película aderente por cima, diretamente no creme para não talhar. Pré-aquecer o forno a 180ºC. Descascar as maçãs e, com ajuda de um tira-caroços, retirar os ditos. De seguida, cortar as maçãs em meia-lua. Estender a massa e forrar com esta uma tarteira de aro de 20 cm, picando o fundo da massa (eu costumo utilizar o papel vegetal que vem com a massa e coloco no fundo da forma). Distribuir o creme, compondo uma camada com cerca de 3 cm, e distribuir as fatias de maçã por cima, tendo o cuidado de colocar na vertical e ligeiramente enterradas no creme. Polvilhar com canela e levar ao forno durante 25 minutos. Retirar do forno e pincelar com a compota diluída em água quente. 




terça-feira, 11 de setembro de 2018

Bolo de coco e framboesas



Bolo morno ao lanche, nos domingos em que estamos em casa, já é uma tradição. Preparo sempre receitas simples e adiciono o que tenho no frigorífico. Desta vez foram umas framboesas, mas podem não colocar nada, pois fica igualmente bom. Além disso, tenho optado por não utilizar açúcar refinado, por isso o bolo ter ficado tão castanho. É um bolo simples mas super-saboroso, que não fica seco ao fim de dois dias. Experimentem!

Ingredientes
5 ovos
Uma chávena de chá de açúcar de coco + 1/2  chávena de chá de açúcar louro
1 iogurte cremoso
Uma medida mal cheia do copo do iogurte de óleo de girassol
Duas chávenas de chá de farinha com fermento
4 colheres de sopa de farinha de coco
1 punhado de framboesas 

Preparação
Pré-aquecer o forno a 180ºC. Untar com manteiga uma forma de bolo inglês e forrar com papel vegetal. Colocar os ovos e o açúcar numa tigela e bater com a batedeira, a velocidade média, até ficar em creme e aumentado o volume De seguida, adicionar o iogurte e o óleo e bater até ficar tudo incorporado. Por fim, adicionar a farinha . Depois, bater a velocidade baixa, até a farinha estar toda incorporada. Colocar a massa na forma. Distribuir as framboesas por cima da massa e levar ao forno durante 45 minutos. Retirar, deixar arrefecer numa grade de bolos e só depois desenformar.  

* a forma deve ser forrada com papel vegetal, pois as framboesas afundam e podem ficar agarradas ao fundo