sexta-feira, 28 de Novembro de 2014

Tarte de laranja, cenoura e coco

Com o fim-de-semana à porta, é uma óptima oportunidade para preparar um doce ou, talvez, de começar a testar as receitas para as festas que se aproximam. Mas vou já avisando: esta receita não é para os gulosos de açúcar, pois não é muito doce. Tem um sabor forte a cenoura e um travo a laranja, com uma textura muito fofa, desfazendo-se mesmo na boca. Experimentem!
  
Ingredientes
600g de cenoura
2 laranjas
1 colher de chá de sal
160g de açúcar (para a próxima coloco 180g!)
40g de coco ralado
4 ovos
60g de farinha de trigo tipo 55
  
Preparação
Pré-aquecer o forno a 180ºC. Untar e forrar um tabuleiro para tortas e reservar. Pelar e descascar as cenouras, cortar em pedaços e levar a cozer em água temperada com sal e com a parte vidrada da casca de uma laranja. Eliminar a água e colocar o restante no liquidificador. Adicionar as laranjas (sem a casca nem a película branca), o açúcar e metade do coco ralado, triturando tudo muito bem. Deixar arrefecer um pouco, adicionar as gemas e a farinha e voltar a ligar o liquidificador, até estar tudo envolvido. Bater as claras em castelo e adicionar-lhes, pouco a pouco, a mistura preparada, envolvendo com cuidado. Deitar a massa no tabuleiro e levar ao forno durante aproximadamente 20 minutos. Retirar o tabuleiro, virar sobre uma folha de papel vegetal, polvilhada com o restante coco e deixar arrefecer um pouco. Retirar o tabuleiro e, com a ajuda do papel vegetal, enrolar cuidadosamente a torta. Colocar numa torteira e levar ao frio durante, pelo menos, 6 horas. Polvilhar com coco e servir.

Receita retirada da revista do pingo doce de Dezembro de 2014

segunda-feira, 24 de Novembro de 2014

Chambão estufado com cenouras e castanhas

Mais um fim-de-semana com mau tempo… É uma oportunidade perfeita para preparar um estufado lento,  daqueles que não dão muito trabalho. Apenas temos que ir espreitando o tacho de vez em quando e ter paciência. Foi o caso deste chambão, carne saborosa com osso que dá outro sabor ao prato. Conjugado com cenouras e castanhas, foi o jantar perfeito para um fim-de-semana muito murcho. Experimentem!

Ingredientes
3 peças de chambão
1 cebola grande
2 dentes de alho
1 lata de tomate pelado
1 colher de sopa de concentrado de tomate
6 folhas de manjericão fresco
1 folha de louro
2 chávenas de agua quente
Azeite q.b.
Sal e pimenta q.b.
3 cenouras descascadas em rodelas
250g  de  castanhas congeladas

Preparação
Picar as cebolas e os dentes de alho. Colocar tudo num tacho com azeite e, quando a cebola estiver ‘murcha’, adicionar o tomate previamente picado, deixando estufar em lume brando durante 5 minutos. Adicionar a carne, o manjericão picado, o concentrado de tomate e as cenouras. Temperar com sal e um pouco de pimenta e, por fim, uma chávena de água quente. Deixar em lume alto a ferver durante 3 minutos. Baixar o lume, adicionar outra chávena de água quente e deixar estufar cerca de uma hora (ter o cuidado de ir adicionando mais água se necessário). Findo esse tempo, adicionar as castanhas, rectificar os tempos (se necessário) e deixar cozinhar durante 20 minutos, ou até as castanhas estarem cozinhadas. Servir de imediato, acompanhado de puré de batata.  


terça-feira, 18 de Novembro de 2014

Migas à minha moda

Vou desde já avisando os defensores das migas tradicionais alentejanas para não lerem o resto da receita. Sim, eu aldrabei as migas alentejanas e utilizei broa de milho. Sim, cometi um pecado… mas soube tão bem! O homem cá em casa, que se recusa a comer migas, comeu e gostou. Só por isso, já valeu o “pecado”. Pois foi, pequei e certamente voltarei a pecar. E vocês estão dispostos a experimentar?

Ingredientes
½ broa de milho
Água fria q.b.
100g de bacon (em cubos)
3 dentes de alho
Azeite q.b.

Preparação
Partir o pão em pedaços e cobrir com água. Numa frigideira, deitar o azeite, os alhos picados e o bacon. Deixar a fritar no azeite, para dar mais cor e sabor. Adicionar o pão, previamente humedecido e, se necessário, adicionar um pouco mais de água para desmanchar bem o pão. Deixar as migas cozer em lume brando, mexendo, até que estas comecem a descolar-se da frigideira (a intenção é que as migas fiquem sequinhas). Quando tal começar a acontecer, deve soltá-las da frigideira (como se faz com as omeletas), de forma a ficar uma espécie de rolo. Por fim, polvilhar as migas com salsa fresca picada e servir com piano assado no forno.

sexta-feira, 14 de Novembro de 2014

Muffins com pepitas de chocolate | para tempo chuvoso |

Pelo visto, foi desta que a chuva veio para ficar. Cá em casa, abriu a época do bolinho quentinho para o lanche no fim-de-semana. E enquanto lá fora a chuva cai, por aqui liga-se o forno para aquecer a casa e faz-se bolinhos para aquecer a alma e o corpo. Assim, deixo-vos esta bela sugestão para o fim-de-semana. Experimentem!
  
Ingredientes (12 unidades)
100g de farinha integral
100g de farinha de trigo
4 ovos
1 colher de café de fermento em pó
100g de vaqueiro líquida
150g de açúcar
1 colher de chá de açúcar baunilhado
70g de pepitas de chocolate
  
Preparação
Preparar um tabuleiro com 12 formas de papel. Depois, partir os ovos para uma taça. Juntar o açúcar e o açúcar baunilhado, batendo até obter uma mistura espumosa. Adicionar os dois tipos de farinha peneirada com o fermento e bater novamente. Juntar a margarina líquida vegetal e mexer até ficar incorporado. De seguida, juntar metade das pepitas de chocolate e mexer, de modo a que fiquem repartidas. Por fim, distribuir a massa pelas formas, enchendo até dois terços da sua capacidade e, por cima, colocar o resto das pepitas. Levar ao forno pré-aquecido a 200ºC, durante cerca de 15 minutos. Após esse tempo, retirar os bolos e deixar arrefecer sobre uma grelha. 

segunda-feira, 10 de Novembro de 2014

Tiramisu de chocolate


Um destes dias, precisei de preparar uma receita com mascarpone que, normalmente, é um ingrediente que tenho sempre no frigorífico cá em casa. Retirei do frio a embalagem mas, quando abri, reparei que era da cor de chocolate. Fiquei admirada e olhei bem para a tampa, que dizia “Mascarpone de chocolate”! Não conhecia este produto, provavelmente agarrei à pressa no supermercado e nem reparei. O mascarpone ficou para ser utilizado noutra receita, mas surgiu esta que hoje vos trago. É de preparação mais simples do que o original e feita com sobras de bolo de chocolate, que tinha no congelador. Uma maneira diferente de preparar tiramisu, mas igualmente muito saborosa. Experimentem!

Ingredientes
1 embalagem de mascarpone com chocolate  |Aqui|
1 pacote de natas frescas
2 colheres de sopa de açúcar em pó
Bolo de chocolate q.b.
2 cafés fortes de máquina
1 cálice de licor Amaretto
Cacau em pó q.b.

Preparação
Preparar os cafés e deixar arrefecer. Quando estes estiverem frios, adicionar o licor e reservar.
Bater as natas com o açúcar até ficarem consistentes, envolvendo o mascarpone com as natas até obter uma mistura homogénea. De seguida, colocar uma camada de bolo de chocolate numa tigela baixa e regar o bolo com metade do café. Depois, distribuir metade do creme por cima. Voltar a colocar bolo e novamente regar com o restante café. Finalizar com o creme restante. Levar ao frigorífico durante pelo menos 24 horas. Na hora de servir, polvilhar com cacau de boa qualidade.


quinta-feira, 6 de Novembro de 2014

Almôndegas Suecas


Cá em casa não entra comida pré-confeccionada, nem mesmo almôndegas já feitas. De facto, nunca tive esse hábito mas, após uma visita à loja sueca do IKEA, não resisti e trouxe comigo as típicas almôndegas congeladas. Como não queria fritá-las e apetecia-me comer um molho reconfortante, resolvi preparar este que vos apresento, tendo ficado mesmo muito saborosas. Assim, para quem gosta de almôndegas suecas, esta é uma diferente sugestão de confecção. Experimentem!

Ingredientes
12 almôndegas do IKEA
1 cebola
1 dente de alho
2 tomates maduros sem pele
1 pimento assado
1 dente de alho
½ colher de café de açúcar
Sal e pimenta
1 fio de azeite
1 colher de sobremesa de ervas da Provença

Preparação
No robot de cozinha, colocar a cebola descascada e cortada em pedaços, o dente de alho, o pimento e o tomate. Ligar e triturar tudo. De seguida. colocar num tacho o azeite e o preparado anterior. Temperar com sal e pimenta, adicionar o açúcar e as ervas da Provença. Deixar levantar fervura e reduzir depois o lume, deixando ferver durante mais 15 minutos. Depois, adicionar as almôndegas e deixar cozinhar em lume brando. Por fim, rectificar os temperos e servir com esparguete cozido.