terça-feira, 18 de setembro de 2018

Tarte de maçã com creme pasteleiro



Refeições simples, principalmente com bastantes legumes, tem sido a rotina cá em casa. Os doces lá vão aparecendo, muito raramente, usualmente quando é necessário aproveitar alguma fruta, o que foi o caso destas maçãs. Simples, cremosa, mas deliciosa. Experimentem!

Ingredientes:
250g de leite
2 ovos (de preferência biológicos ou caseiros)
60g de açúcar 
25g de farinha custard
Uma embalagem de massa folhada 
Duas maçãs (descascadas e partidas em meias-luas)
Canela em pó (para polvilhar)
Compota de alperce (diluída num pouco de água, para pincelar a tarte)

Preparação:
Começar por fazer o creme num tacho, levando ao lume o leite a aquecer. Numa tigela, misturar os ovos, o açúcar e a farinha custard, com a ajuda de uma vara de arames. Adicionar este preparado ao leite quente, mexendo sem parar com a dita vara, até engrossar. Vazar numa tigela de vidro e colocar película aderente por cima, diretamente no creme para não talhar. Pré-aquecer o forno a 180ºC. Descascar as maçãs e, com ajuda de um tira-caroços, retirar os ditos. De seguida, cortar as maçãs em meia-lua. Estender a massa e forrar com esta uma tarteira de aro de 20 cm, picando o fundo da massa (eu costumo utilizar o papel vegetal que vem com a massa e coloco no fundo da forma). Distribuir o creme, compondo uma camada com cerca de 3 cm, e distribuir as fatias de maçã por cima, tendo o cuidado de colocar na vertical e ligeiramente enterradas no creme. Polvilhar com canela e levar ao forno durante 25 minutos. Retirar do forno e pincelar com a compota diluída em água quente. 




terça-feira, 11 de setembro de 2018

Bolo de coco e framboesas



Bolo morno ao lanche, nos domingos em que estamos em casa, já é uma tradição. Preparo sempre receitas simples e adiciono o que tenho no frigorífico. Desta vez foram umas framboesas, mas podem não colocar nada, pois fica igualmente bom. Além disso, tenho optado por não utilizar açúcar refinado, por isso o bolo ter ficado tão castanho. É um bolo simples mas super-saboroso, que não fica seco ao fim de dois dias. Experimentem!

Ingredientes
5 ovos
Uma chávena de chá de açúcar de coco + 1/2  chávena de chá de açúcar louro
1 iogurte cremoso
Uma medida mal cheia do copo do iogurte de óleo de girassol
Duas chávenas de chá de farinha com fermento
4 colheres de sopa de farinha de coco
1 punhado de framboesas 

Preparação
Pré-aquecer o forno a 180ºC. Untar com manteiga uma forma de bolo inglês e forrar com papel vegetal. Colocar os ovos e o açúcar numa tigela e bater com a batedeira, a velocidade média, até ficar em creme e aumentado o volume De seguida, adicionar o iogurte e o óleo e bater até ficar tudo incorporado. Por fim, adicionar a farinha . Depois, bater a velocidade baixa, até a farinha estar toda incorporada. Colocar a massa na forma. Distribuir as framboesas por cima da massa e levar ao forno durante 45 minutos. Retirar, deixar arrefecer numa grade de bolos e só depois desenformar.  

* a forma deve ser forrada com papel vegetal, pois as framboesas afundam e podem ficar agarradas ao fundo


quarta-feira, 17 de janeiro de 2018

Para começar o ano, pavlova com lemon curd


























A primeira receita do ano foi um pecado muito guloso, partilhado com pessoas do coração. Vi a receita num dos meus blogues favoritos, que acompanho todos os dias, As minhas receitas. 
 a tinha confeccionado algumas vezes, mas desta decidi utilizar a receita do lemon curd da Joana Roque e fiquei muito satisfeita com o resultado. Apesar de já ter utilizado outras receitas aqui e aqui, esta é, decididamente, a minha favorita até agora. Experimentem!





quinta-feira, 28 de dezembro de 2017

Votos para 2018


Mais um ano a acabar e, quando olho para trás, fica a tristeza de não ter conseguido estar mais presente neste cantinho. Não foi um ano fácil, passou a uma velocidade galopante. Sinto-me como se tivesse sido atropelada pelas adversidades, pelos momentos de tristeza e impotência. Como já dizia o ditado, depois da tempestade vem a bonança. Eu quero acreditar que sim, tenho a esperança que assim seja. Desejo que 2018 vos traga a esperança de dias melhores e a coragem de continuar nos dias em que vos apetece desistir. Feliz 2018!

quarta-feira, 8 de novembro de 2017

Estufado de cogumelos em cama de batata doce e feijão fillet para acompanhar


Esta refeição foi confecionada com os legumes da época e os cogumelos que vieram no cabaz semanal, diretamente da horta biológica. Se retirarem o bacon, ficarão com uma refeição totalmente vegetariana. Fica com um sabor fantástico e mais fresco é impossível. Além disso, é super-fácil de fazer e, com o frio que chegou, é maravilhosamente reconfortante. Experimentem!

Ingredientes
200g de cogumelos Shitake
Uma chalota
Uma colher de sobremesa de concentrado de tomate
Uma cenoura cortada em cubos
1 dente de alho
1 pimento doce assado picado
1 copo de vinho branco
1 copo de água
Duas fatias de bacon cortadas em tirinhas
Uma batata doce bem grande
Duas colheres sopa (rasas) de manteiga biológica sem sal
100g de feijão fillet
Vinagre balsâmico q.b.
Cominhos em pó q.b.
Azeite q.b.
Sal q.b.
Pimenta q.b.

Preparação
Pré-aquecer o forno a 200ºC. Depois, picar a batata-doce várias vezes com a ajuda de um garfo. Envolver a mesma em folha de alumínio e colocar no forno. Deixar assar até a batata-doce estar cozinhada por dentro (normalmente, demora entre 45 minutos e uma hora, dependendo do tamanho da batata). Retirar a polpa da batata-doce e reservar.
Picar as chalotas e o alho, levando a alourar num tacho com azeite. Adicionar o tomate, o bacon e o pimento e deixar estufar durante 5 minutos. Adicionar os cogumelos, a cenoura e o vinho branco, deixando estufar até o vinho evaporar. Por fim, temperar com sal e os cominhos e  adicionar a água, deixando cozinhar em lume brando durante 25 minutos. Cozer o feijão fillet ao vapor durante 10 minutos, retirar e temperar com sal, azeite e vinagre balsâmico. Colocar a polpa de batata-doce num tacho anti-aderente, adicionar a manteiga, o sal e a pimenta moída na hora, envolvendo tudo até incorporar. Servir de seguida, com os cogumelos e o feijão.

quarta-feira, 25 de outubro de 2017

Salada de frango, romã e amêndoas


Com o calor a insistir em manter-se, admito que já estou com saudades do frio para confeccionar pratos reconfortantes de Inverno. Mas enquanto continuarem estas temperaturas, por aqui vão-se comendo saladas simples, frescas mas saborosas. Experimentem!

Ingredientes
Alface q.b.
Rúcula q.b.
2 gomos de romã
1 peito de frango assado desfiado
Uma maçã Fuji (partida em cubos)
6 colheres de sopa de amêndoas laminadas
Molho:
3 colheres de sopa de óleo de soja
Uma colher de sobremesa de azeite
Uma colher sobremesa de mel
Sal q.b.

Preparação
Tostar ligeiramente as amêndoas. Reservar. Para preparar o molho, basta colocar os ingredientes num frasco de vidro pequeno, fechar e agitar bem. Numa tigela colocar a alface, a rúcula e os gomos da romã, temperar com o molho e envolver tudo. Distribuir o preparado pelos pratos de servir, finalizando com a maçã, o frango e as amêndoas.