sexta-feira, 7 de setembro de 2012

Bolo de alperce

As minha “cobaias” provadoras consideraram-no o melhor bolo de aniversário que fiz nos últimos tempos. Foi feito para o aniversário do homem cá de casa, e foi ele que escolheu a massa e o recheio.
O doce de alperce é o favorito dele, um doce que faço todos os anos no início de Agosto. Infelizmente, este ano os alperces não abundaram e apenas consegui fazer uns poucos frascos de doce. Mas a doçura do bolo de iogurte e o agridoce do alperce resultou numa combinação muito fresca e saborosa.
Aconselho a fazerem o bolo de véspera e levarem ao frigorífico, para que todos os componentes incorporem na massa. No próprio dia bastará colocar a cobertura e servir. Leve, fofo, húmido, fresco, doce e ácido, mas mesmo muito bom. Experimentem!

Massa
Bolo de iogurte (dobrei a receita e utilizei dois tabuleiros)
Ingredientes
5 ovos
1 iogurte natural
3 medidas de açúcar
3 medidas de farinha
1 medida de óleo
1 colher de chá de fermento

*a medida utilizada é o copo de iogurte
 Preparação
Pré-aquecer o forno a 180ºC. Barrar um tabuleiro rectangular com manteiga e polvilhar com farinha. Separar as gemas das claras e bater as gemas com o açúcar, até ficar um creme fofo. Adicionar o iogurte, o óleo e bater tudo muito bem. Adicionar a farinha e o fermento aos poucos, e ir batendo entre cada adição. Por fim, adicionar as claras em castelo, tendo o cuidado de não bater a massa, apenas envolver. Colocar a massa na forma e levar ao forno durante cerca de 35 minutos.

Recheio
1 Compal de alperce 
Doce de alperce
Ingredientes
1kg de alperces
700g de açúcar
 Preparação
Cortar os alperces ao meio e retirar o caroço. Colocar num tacho, suficientemente grande para poder ferver sem verter. Verter o açúcar e envolver bem, colocando em lume brando até o açúcar estar bem derretido. De seguida, aumentar a temperatura do lume e deixar levantar fervura. Retirar o tacho do lume e, com a varinha mágica, triturar bem os alperces. Colocar novamente ao lume para reduzir, deixando ferver até a compota estar pronta, ou seja, atingir o ponto de estrada (para isso basta colocar um pouco de compota num prato e deixar arrefecer um pouco, passando depois a ponta do dedo; se abrir uma ‘estrada’, o doce está no ponto). Encher os frascos já esterilizados (para isso basta lavar muito bem os ditos com água quente e levá-los a forno quente durante 10 minutos). Para melhor conservação do doce, inverter os frascos com o doce ainda bem quente e utilizar preferencialmente uma tampa metálica. Depois de frios, endireitar os frascos e guardar num local fresco e seco.
  
Cobertura
Creme mascarpone
Ingredientes
50g de natas frescas
125g mascarpone
300g de açúcar em pó
Corante verde
 Preparação
Colocar numa tigela o açúcar e as natas, batendo até ficar bem misturado. Juntar o mascarpone e bater mais alguns segundos. No fim, adicionar o corante se desejado e voltar a bater até obter uma cor homogénea.
  
Montagem do bolo (este deve ser confeccionado de véspera, de modo repousar 12 horas no frigorifico)
Deixar os bolos arrefecerem completamente. Colocar um dos bolos dentro do tabuleiro e pincelar com sumo de néctar de alperce (para montar o bolo, utilizei um dos tabuleiros que utilizei para cozer a massa). Distribuir o doce de alperce uniformemente. Dispor por cima o outro bolo e voltar a pincelar com o sumo. Cobrir o tabuleiro com película aderente e colocar o bolo no frigorífico.
Para servir o bolo, basta desenformar para um prato de servir ou uma base de bolos e cobrir com o creme mascarpone. 



4 comentários :

  1. Imagino como deve estar apetitoso esse bolo.
    Eu também adoro a combinação do agre-e-doce, por isso imagino o sabor hummmmm... :-)) Beijinhos.

    ResponderEliminar
  2. FICOU LINDO, E O INTERIOR ESTA MESMO UMA PERDIÇAÕ.
    PARABÉNS
    BJS

    ResponderEliminar
  3. Tem um interior mesmo fantástico, parabéns!

    ResponderEliminar
  4. Oi Somi, ficou lindo e parece delicioso.Parabéns.Beijos e uma ótima semana.

    ResponderEliminar