segunda-feira, 3 de setembro de 2012

A regressar devagarinho


Regresso devagarinho às minhas rotinas e ao trabalho. Os dias de praia ficam para trás, a preguiça de cozinhar também, e da cozinha cá de casa começaram a sair as primeiras compotas: comecei pelo alperce, de seguida foi a ameixa e os próximos que se seguem são a pêra e a abóbora.
Este é mesmo um ritual de fim de Verão, tipo formiga, que trabalha nesta época para armazenar para o Inverno. Gosto muito de o fazer, mas sinto uma certa nostalgia, pois faz-me pensar que, não tarda nada, estão de volta os dias pequenos e chuvosos. Mas enquanto estes não vêm, temos é que aproveitar bem o sol e o fim do Verão.

Ingredientes 
1kg de ameixa
600g de açúcar

Preparação
Descaroçar as ameixas e colocar num tacho, suficientemente grande para poder ferver sem verter. Verter o açúcar e envolver bem, colocando em lume brando até o açúcar estar bem derretido. De seguida, aumentar a temperatura do lume e deixar levantar fervura. Retirar o tacho do lume e, com a varinha mágica, triturar bem as ameixas. Colocar novamente ao lume para reduzir, deixando ferver até a compota estar pronta, ou seja, atingir o ponto de estrada (para isso basta colocar um pouco de compota num prato e deixar arrefecer um pouco, passando depois a ponta do dedo; se abrir uma ‘estrada’, o doce está no ponto). Encher os frascos já esterilizados (para isso basta lavar muito bem os ditos com água quente e levá-los ao forno quente durante 10 minutos). Para melhor conservação do doce, inverta os frascos com o doce ainda bem quente e utilize preferencialmente uma tampa metálica. Depois de frios, endireite os frascos e guarde-os num local fresco e seco.

3 comentários :

  1. TAMBÉM JÁ FIZ ALGUMAS , ADORO AS DE AMEIXA.
    UMA EXCELENTE SEMANA
    BJS

    ResponderEliminar
  2. Oi Somi, que maravilha ter frutas frescas e fazer essas compotas maravilhosas.Aqui não temos o hábito de consumir tantos doces, pois nosso inverno não é tão rigoroso como o de vocês.Costumamos nos aquecer com fondues, chocolates quentes e caldos.Pois o frio passa rapidamente sem neve e sem frio escessivo.Adoraria provar uma compota dessas.A embalagem é lindissima.Muito capricho.Beijos e tudo de bom querida.

    ResponderEliminar
  3. Os doces caseiros são sempre deliciosas sugestões para se aproveitar a fruta madura.
    Cá por casa também são frequentes.

    ResponderEliminar