quinta-feira, 26 de janeiro de 2012

Bacalhau à Conde da Guarda


Mais uma daquelas receitas que mais fácil é impossível e que, confeccionada em grandes quantidades, é óptima para uma festa. A receita original é da Maria de Lourdes Modesto e, se não estou em erro, a única diferença para esta é a utilização de cebola. Para quando temos pouco tempo, e uma incrível preguiça de cortar cebolas, até dá muito jeito! E mesmo sem a dita ficou muito saboroso. Bom apetite!

Ingredientes (4 doses)
300gr de batatas
350gr de bacalhau
3,5dl de natas
150gr de manteiga
3 dentes de alho
Sal, pimenta e noz-moscada q.b.
1 gema de ovo

Preparação
Descascar as batatas, cortar ao meio as ditas e colocar num tacho com água, juntamente com o bacalhau. Depois de cozido, escorrer a água, retirar a pele e as espinhas ao bacalhau e passar as batatas por um passe-vite. Colocar a manteiga no tacho onde foram cozidos os alimentos, juntamente com os alhos picados e em lume brando, até a manteiga derreter. De seguida, retirar do lume e adicionar o puré e as natas, envolvendo tudo muito bem. Juntar o bacalhau desfiado, envolver e temperar com sal, pimenta e noz-moscada. Colocar o preparado num recipiente de ir ao forno, pincelar a superfície com gema de ovo batido e levar ao forno para gratinar, durante cerca de 15 minutos, a 200 Cº. Guarnecer com azeitonas, acompanhar com salada e servir.

5 comentários :

  1. Esse prato de bacalhau ficou magnífico.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  2. Este título fez-me me lembrar as velhinhas da rua da minha avó quando tinham que chamar a polícia: "ó da guaaaaaaaaaaaaaarda" :p

    Fácil e faz um brilharete e os convidados não têm que chamar a policia por falta de comida :)

    ResponderEliminar
  3. Minha querida que bacalhau de dar água na boca é esse?
    Somi, adorei essa receita bem prática!
    Super bju e um ótimo dia! RE

    ResponderEliminar
  4. Um belo bacalhau :) de fazer crescer água na boca :)

    ResponderEliminar