terça-feira, 30 de agosto de 2011

As bochechas!


Comprei estas bochechas no intuito de as grelhar, mas como nesse dia não estava muito “inspirada” para ir fazer brasas (ou seja, não estava mesmo com vontade nenhuma…), decidi fazê-las estufadas. Esta parte do porco é, de facto, uma carne muito saborosa e, para quem ainda não experimentou, aconselho vivamente a provar. Embora quando ainda está crua tenha aspecto de uma carne com muito “gorda”, após a confecção fica mesmo muito tenra e sem gordura. Como muitos afirmam, é um autêntico pitéu!

Ingredientes (2 doses)
4 bochechas de porco
1 cebola grande
1 copo de vinho branco
2 dentes de alho
1 cenoura grande
1 tomate pequeno
Água q.b.
Azeite q.b.
Sal e pimenta q.b.

Preparação:
Descascar e cortar a cenoura aos palitos e reservar. Cortar a cebola às rodelas e picar os alhos, levando a refogar num tacho com azeite. Quando a cebola começar a “murchar”, adicionar o tomate pelado e sem grainhas, deixando estufar durante cerca de 5 minutos. Adicionar as bochechas, o vinho branco e um copo de água, e temperar com sal e pimenta. Deixar estufar por 15 minutos, em lume muito brando, adicionando as cenouras ao fim desse tempo. Se for necessário, ir adicionando mais água durante a cozedura (para isso basta ter sempre água quente na chaleira eléctrica). Depois de adicionar as cenouras, deixar cozinhar cerca de 40 minutos, tendo sempre atenção à quantidade de líquido na cozedura.
Quando as cenouras e a carne estiverem cozinhadas, retirar do tacho a carne e a maioria das cenouras, colocar num prato e manter quente. Para criar um molho espesso e cremoso, basta triturar o molho que ficou no tacho com algumas cenouras. Fatiar as bochechas e servir com o puré de batata, o molho e as cenouras.

4 comentários :