segunda-feira, 27 de junho de 2016

Pão no tacho com azeite e alecrim


Os desastres culinários também acontecem cá em casa. Da primeira vez que tentei confeccionar este pão, ficou parecido com uma borracha gigante. Quando estava a dissolver o fermento na água, vi logo que tinha feito asneira… A água muito quente matou o fermento! Mas como não sou pessoa de desistir, passado uma semana repeti a receita.
Desta vez tive mais cuidado com a temperatura da água e ficou muito bom. O resultado foi um pão com uma crosta estaladiça e um miolo bem aromático e fofinho. De certeza que vou repetir! No entanto, fiz umas pequenas alterações na receita: não deixei levedar durante três horas (pois ficou a noite inteira) e não utilizei pinhões. Para esta receita é necessário um tacho pesado, preferencialmente de ferro. Experimentem!

(Receita original retirada daqui: www.clavelscook.com) 
Ingredientes
500g de farinha de trigo tipo 55 sem fermento
400ml de água morna
20ml de azeite
1 colher de sobremesa de alecrim seco picado
1 colher de chá de flor de sal
12g de fermento de padeiro fresco

Preparação
Dissolver muito bem o fermento e o sal na água morna e juntar o azeite. Numa taça à parte, colocar a farinha com o alecrim. Misturar o preparado da água morna na farinha com a ajuda de uma colher (não necessita de amassar). Polvilhar uma tábua com farinha e colocar a massa do pão. Cobrir com um pano e deixar levedar durante a noite (na receita original, durante 3 horas).
Aproximadamente 30 minutos antes de a levedura estar concluída, pré-aquecer o forno a 200ºC e colocar a panela dentro forno. Quando terminar o tempo da levedura, dobrar a massa ao meio e repetir a mesma operação. Polvilhar o fundo da panela com farinha e colocar a massa dentro da mesma, com as dobras para baixo. Fazer dois cortes na massa com uma faca afiada, em forma de cruz. Levar ao forno, com a tampa da panela colocada, durante 40 minutos. Depois, retirar a tampa e deixar ficar durante mais 30 minutos, para formar uma crosta bem crocante.

2 comentários :

  1. Eu sou muito picuinhas com a parte de misturar a água e o fermento, se não me cheirar a álcool ou vir que não cresce deito logo fora e faço de novo. Já tive más experiências e a minha quota parte de farinha desperdiçada :P
    Fiz esse pão no tacho, ou um do género, uma vez e adorei. A crosta ficou mesmo crocante e o interior fofinho, como descreves! Tenho de repetir, quiçá nesta deliciosa versão :)

    ResponderEliminar